O que faz um digitador e como se tornar um?

O que faz um digitador e como se tornar um

Existem diversas profissões que foram nascendo e evoluindo junto com a tecnologia de nossa época, e um grande exemplo dessas profissões sem dúvida é de digitador. Os digitadores são um cargo importante para qualquer empresa moderna, e cada vez mais as pessoas têm percebido isso e tem se aprimorado nessa área.

Apesar disso, nem todo mundo tem certeza absoluta de como esse tipo de profissão funciona. Muitos têm dúvida sobre o que um digitador trabalha exatamente, sobre o que ele escreve, qual o tipo de empresa que contrata e até se esse tipo de profissional realmente ganha bem.

Afinal, no papel parece um bom emprego, já que a maioria das pessoas que trabalham em um computador podem trabalhar em um ambiente fresco, livre do calor ou frio extremo, e alguns até podem trabalhar no esquema de home office, já que tudo pode ser feito pelo computador e tira a obrigação do funcionário estar presente na empresa fisicamente.

E para poder ajudar você nessa jornada de compreender melhor esse trabalho é saber se ele talvez seja para você, nós vamos falar mais sobre ele e trazer muitos detalhes sobre o salário, a área de atuação e como realmente se tornar um.

O que faz um digitador?

Como o nome já diz, o trabalho de um digitador é redigir coisas para uma empresa, e a partir daí pode ser em muitas áreas de uma empresa. Talvez a função mais clássica seja redigir textos que vão ser usadas pela empresa para algo específico, mas essa função se estende e muito para diversas outras coisas, como por exemplo:

  • Redigir e enviar e-mails e planilhas
  • Controlar arquivos
  • Imprimir documentos quando necessário
  • Redigir exames, preparar alguns serviços para serem digitados
  • Redigir tabelas, laudos, dados e tudo o que tem a ver com textos
  • Alguns serviços de escritórios, como por exemplo, recepção e atendimento de telefone

A forma que as funções vão ser distribuídas vão depender bastante da forma com que a empresa precisar do profissional, mas tende a não variar muito dos itens citados. 

Vale lembrar que as empresas que procuram esse tipo de trabalhador são aquelas que sempre precisam de algo digitalizado, e isso vai de empresas do ramo privado até também o público.

É comum ver empresas que colocam outras pessoas para fazer o cargo de digitador, para digitar as coisas do próprio setor, mas muitas vezes a empresa opta por ter um funcionário para fazer especificamente isso, gerando uma economia de tempo e permite que os outros funcionários possam focar em suas áreas.

Quanto ganha um digitador?

Segundo o Edital Concurso Brasil, o salário de um digitador, dentre algumas variações, pode chegar a até 1300 reais. As variações sempre vão depender da empresa e também do número de funções que o digitador faz lá dentro.

Como se tornar um digitador?

Muitas pessoas ainda possuem dúvida de como pode fazer para se tornar um digitador, quais cursos devem fazer, se existe um curso digitador específico ou é preciso começar por outra coisa.

E a resposta é sim, existem cursos do tipo, e além do certificado, a pessoa precisa aperfeiçoar a digitação, conseguindo se rápida e também conseguindo seguir instruções de digitação facilmente, e são todas coisas que você pode aprender e aperfeiçoar fazendo algum curso.

Quando o assunto é grau de escolaridade, as empresas geralmente pedem apenas ensino médio completo, mas se a pessoa tiver como comprovar que apesar de não ter, é perfeitamente letrada e habilidosa quando se escreve, isso perde um pouco a importância.

Qual é o perfil que uma empresa procura em um digitador?

Além de talento e currículo, o que as empresas estão sempre buscando é um perfil específico para que o funcionário se adapte bem às diretrizes que ela já tem. E nesse caso geralmente também não existe muito segredo, já que as empresas quase sempre querem a mesma coisa desse tipo de profissional. O desejado geralmente é:

  • Habilidade na digitação
  • Boa Memória
  • Facilidade em decorar coisas e seguir instruções
  • Ser detalhista
  • Ter um bom português

Saber inglês é um extra, já que se você trabalhar em uma empresa internacional, é bem provável que você acabe tendo algum tipo de contato com a língua, e se tiver afinidade com ela, você vai estar à frente de outros concorrentes.

Quais tipos de empresa contratam um digitador?

A área de atuação de um digitador é bem grande, e praticamente todo tipo de empresa grande que trabalha com muitos diálogos, relatórios e troca de e-mails pode precisar de um.

Podemos citar:

  • Escolas
  • Multinacionais
  • Engenharia de tráfego
  • Empresa de vendas de vários ramos

Basicamente em toda empresa que precisa de um trabalho extra na logística e precisa de alguém para estar trocando informações e anotando coisas importantes, independente do ramo que essa empresa atua.

POSTS RECENTES

vinicius ferrares

vinicius ferrares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *