Erros a serem evitados nas redes sociais da sua loja automotiva

Instagram de loja automotiva

Se você tem uma revenda de carros usados, precisa fazer marketing para divulgá-la na Internet e conseguir mais clientes. Atualmente, as redes sociais são ferramentas muito poderosas de publicidade e podem ser a chave para transformar toda a sua estratégia de publicidade. No entanto, é importante entender que existem erros a serem evitados nas redes sociais da sua loja automotiva para não ter problemas.

Hoje em dia, as redes sociais são locais repleto de pessoas. O Facebook, por exemplo, tem 127 milhões de usuários brasileiros, enquanto o Instagram tem 66 milhões. É muita gente! E, claro, muita gente envolta em um ciclo que é chamado popularmente de “cultura do cancelamento”. Um erro, uma palavra mal colocada ou um termo que não foi revisado e a sua empresa pode virar a bola da vez, perdendo seguidores e sofrendo danos de imagem.

Mas quais são esses erros a serem evitados nas redes sociais da sua loja automotiva? Siga a leitura para descobrir e começar a preveni-los!

 

5 erros a serem evitados nas redes sociais da sua loja automotiva

1. Falta de informações

A repetição é tudo quando se fala sobre redes sociais. Diferente de um site, onde o visitante leva tempo explorando todos os recursos e buscando informações, os usuários de redes sociais lidam com alto fluxo de conteúdo a cada segundo. Isso quer dizer que, se você quer que eles fixem informações importantes como endereço da loja, horário de funcionamento e valores dos produtos, sua conta deve fazer posts e interações constantes, repetindo essas informações.

Não se esqueça de colocar esses itens também na bio do Instagram ou perfil de sua conta para que fique bem fácil o acesso a novos seguidores.

 

2. Falta de transparência

Não há nada pior para um cliente, e para o seu negócio, do que ter a sua confiança quebrada. Promoções falsas, atrasos imprevistos ou entrega de produtos avariados são ações que mostram falta de transparência de sua empresa, e a colocam em uma posição de não confiabilidade, afastando a clientela.

Tratar os seguidores com grosseria, engajar-se em brigas ou mentir, também são práticas antiéticas que trarão avaliações negativas e queda drástica nas vendas.

 

3. Imagens de baixa qualidade

O primeiro impacto de seu post será a imagem. Por isso ela deve ser boa o suficiente para fazer com que o usuário pare para ler o conteúdo. E o que é uma imagem de qualidade? Uma foto com boa iluminação, com resolução apropriada e proporções adequadas.

Muitas pessoas cometem o erro de postar uma imagem menor que o indicado, e como resultado, ela fica pixelada ou desfocada. Outro erro comum é esticar apenas um lado da imagem, deixando-a distorcida. Fique atento às demandas de cada plataforma de rede social para entender como criar a imagem ou fotografia ideal para seu negócio.

 

4. Não estabelecer uma relação com seu público

Outro erro clássico é não entender a dinâmica das redes sociais, tratando-as como se fossem um e-commerce. Postar fotos sem texto ou com texto genérico, não responder os comentários, não conversar com o público, são ações que atrapalham o marketing das redes sociais, já que elas estão ali para que a sua empresa possa criar uma conexão real com o público-alvo e futuros clientes.

A ação que mais surte efeito é gravar vídeos com um rosto amigo interagindo com os seguidores, podendo ser o dono da loja, um vendedor, ou até alguém contratado para isso. Mas esse tipo de ação não quer dizer que seja a única forma de chamar a atenção do seu público. O importante é criar uma relação autêntica de interação.

 

5. Não fazer uma estratégia de marketing

Muitas empresas têm conta nas redes sociais, mas poucas utilizam essas contas para fazer marketing de verdade. Isso porque elas não seguem uma estrutura clara de atração, nutrição e conversão.

Dentro das redes sociais, é preciso traçar estratégias focadas em objetivos claros e determinados. Assim, você conseguirá aumentar as vendas de forma consistente. Confira alguns exemplos de estratégia de marketing para loja automotiva:

  • produção de Reels no Instagram com informações curiosas sobre carros a fim de atrair usuários;
  • elaboração de carrossel de imagens com conteúdo educativo, ajudando a fazer com que o consumidor saiba qual carro escolher na hora de comprar;
  • criação de Stories para gerar engajamento;
  • apresentação de posts com CTA para o WhatsApp ou outro ponto de conversão para fechar negócios.

Esse é um exemplo de estratégia no Instagram, mas é possível usar qualquer outra rede social para isso.

Agora que você já viu esses erros a serem evitados nas redes sociais da sua loja automotiva, é hora de colocar em prática um plano de prevenção para garantir maior eficácia na sua estratégia. Lembre-se de que é importante adotar uma comunicação sempre muito profissional e dedicada nas redes sociais, evitando problemas, mas com um objetivo claro de atrair seguidores e transformá-los em clientes.

Gostou das nossas dicas? Conte para a gente nos comentários abaixo como é a sua estratégia de redes sociais!

 

vinicius ferrares

vinicius ferrares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

SOBRE O BLOG

o TecnoCurioso, é um blog feito por designers apaixonados para designers e pessoas que se identificam com a área de criação e outros assuntos ligados a tecnologia, sejam bem vindos !

POSTS RECENTES